blogue do mês :: blog of the month
publicidade :: ads

subscrever feeds

|
pub | ads



tags

# 004 (a)

# 004 (b)

# 009

# 014

# 015

# 016

# 019

# 021

# 023

# 025

# 026

# 027

# 028

# 030

# 031

# 033

# 034

# 039

# 040

# 041

# 044

# 045

# 046

# 047

# 049

# 050

# 052

# 055

# 056

# 057

# 059

# 061

# 062

# 065

# 066

# 067

# 068

# 070

# 071

# 072

# 074

# 077

# 078

# 082

# 088

# 089

# 091

# 093

# 094

# 098

# 106

# 111

# 115

# 116

# 117

# 118

# 120

# 122

# 123

# 125

# 126

# 127

# 128

# 129

# 130

# 137

# 138

# 142

# 146

# 150

# 151

# 152

# 155

# 156

# 157

# 159

# 162

# 166

# 167

# 168

# 169

# 170

# 172

# 174

# 175

# 176

# 177

# 178

# 180

# 181

# 187

# 188

# 189

# 193

# 194

# 202

# 204

# 205

# 213

# 216

# 220

# 221

# 234

# 235

# 237

# 240

# 241

# 242

# 244

# 250

2006 - 2007

2007 - 2008

2008 - 2009

2009 - 2010

2010 - 2011

2011 - 2012

amigos | friends

ateliermob at ...

blogue do mês | blog of the month

blogue | blog

coluna da direita | right column

competitions

conferências online | online lectures

contacto | contacts

design

diagramas | diagrams

direito à habitação

divulgação | release

emprego | job

entrevista | interview

equipa | team

filmes | movies

jovens arquitectos portugueses | young p

kidsmob

livros | books

media

música | music

notícia | news

novas práticas | new practices

novos arquitectos | new architects

prémios | awards

press release

projectos | projects

reflexões | thoughts

sobre | about

sondagem | poll

video

working with the 99%

workshops

todas as tags

arquivos :: archives

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

ajudas | support
Site Meter



Quinta-feira, 2 de Outubro de 2008
ateliermob, às 18:11 | comentar :: comment | 2008.10.02

[PT] Uma Exposição de Nuno Coelho com a colaboração de Adam Kershaw

ESPAÇO GESTO - Cooperativa Cultural
Rua Cândido dos Reis, 64
4050-153 Porto, Portugal
T: (+351) 223220986
Inauguração Sábado 4 de Outubro de 2008 pelas 16h *
Exposição de 4 a 31 de Outubro de 2008
De Segunda a Sexta das 10h às 13h e das 15h às 19h30
Sábados das 10h às 13h

 

[ENG] Continue reading for english version

 


* A inauguração desta exposição faz parte do programa do Festival SE ESTA RUA FOSSE MINHA, promovido pela Associação Cultural Plano B, a ter lugar na Rua Cândido dos Reis no Porto no dia 4 de Outubro de 2008.

A exposição "Uma Terra Sem Gente, Para Gente Sem Terra" é composta por diversos posters de grande formato, com desenhos de contorno a preto-e-branco, que convidam os visitantes a preencher de cor usando os diversos lápis dispostos para o efeito. Uma vez mais, Nuno Coelho explora no seu trabalho conceitos como o vernáculo e a interactividade do público com diversos materiais impressos. Os posters mostram diversos mapas e gráficos, assim como desenhos realizados a partir de fotografias recolhidas na sua viagem de um mês à Palestina em 2006 onde teve um contacto íntimo com a complexa situação da região.

Com esta intervenção artística, Nuno Coelho traduz em narrativas as tensões sociais que fazem parte do quotidiano daquela região onde três continentes colidem, propondo uma nova abordagem de pensamento sobre o conflito israelo-árabe, assim como um olhar crítico mas também irónico, que poderá mostrar o absurdo da situação presente. Essa sensação de absurdo é enfatizada ao falar da actual situação social e política recorrendo a um imaginário e uma linguagem infantil. O trabalho vai ao encontro da opinião do autor que crê que apesar de haver um discurso global sobre a Palestina, poucas pessoas conseguem ver além das imagens e títulos chocantes gerados pelos media e compreender os princípios básicos do conflito.
Para além disso torna-se importante questionar se poderá um acto artístico conter em si imenso significado político sem assumir um determinado ponto de vista ou sem aspirar a ser transgressor, subversivo ou activista. Tal como a negação da Filosofia é já de si um acto filosófico, talvez a tentativa de mostrar um trabalho apolítico seja também ela detentora de uma forte posição política.
Nuno Coelho é Designer de Comunicação, actualmente a viver e a trabalhar na cidade do Porto. O seu trabalho pode ser visto em www.nunocoelho.net
Este projecto teve o apoio da Viarco.
Anteriores apresentações da exposição:
Junho 2007 - Galeria Fabrica Features, Lisboa (Portugal)
Novembro 2007 - Galeria Rosalux, Berlim (Alemanha)
Fevereiro 2008 - Centro Cultural da Ilha Graciosa, Santa Cruz (Açores)
Fevereiro 2008 - Espaço 555, Porto (Portugal)
Março 2008 - Galeria Almazen, Barcelona (Espanha)
Setembro 2008 - Galeria Inflight, Hobart (Áustralia)

Links:
http://www.nunocoelho.net
http://www.nunocoelho.net/index.php?opcao=3&ling=1&id=35
http://www.gesto-coop-cultural.pt
http://espacogesto.blogspot.com
http://www.planobporto.com
http://www.viarco.pt
 

 

[ENG] An Exhibition by Nuno Coelho
in collaboration with Adam Kershaw

ESPAÇO GESTO - Cooperativa Cultural
Rua Cândido dos Reis, 64
4050-153 Porto, Portugal
T: (+351) 223220986

Opening Saturday the 4th of October 2008, 4pm *

Exhibition from the 4th untill the 31st of October 2008
Monday to Friday, from 10am to 1pm and from 3pm to 7.30pm
Satudays from 10am to 1pm

* The opening of this exhibition is part of the Festival SE ESTA RUA FOSSE MINHA, promoted by Plano B Cultural Association, that will take place at Rua Cândido dos Reis in Porto on the 4th of October 2008.

The exhibition "A Land Without People for a People Without Land" is comprised of large format posters, each with a black and white outline illustration, which visitors are invited to colour using the coloured pencils provided. Once again, Nuno Coelho is exploring the familiar concepts of his work such as the use of vernacular cultural reference and viewer interaction through print media. The posters display various maps and graphics, and also include material directly taken from photographs collected by the artist during a month long trip to Palestine in 2006, during which he had the opportunity to explore and research the complex situation in the region.
In this exhibition, Nuno Coelho produces a visual discourse around the social tensions of daily life in this region where three continents collide, and proposes a new approach to exploring the Arab-Israeli conflict. This discourse is critical, but it is also ironic, and playfully exposes the absurdity in the current situation.
This concept of the absurd is emphasized by the appropriation of infantile language and iconography, used to illustrate the reality of the current socio-political situation. The work demonstrates the opinion of the artist that although there is a global discourse surrounding Palestine, few people can reach beyond shock images and headlines engineered by the Media and understand the basic principles of the conflict. The work also invites us to question whether it is possible for an artwork to have immense political focus without becoming one-sided, or attempting to be transgressive, subversive or an act of political activism. Arguably, denying philosophy is in itself a philosophical act, and so perhaps even attempting to create artwork that avoids dealing directly with politics is intrinsically to take a definite political position.
Nuno Coelho is a communication Designer, who lives and works in Porto. His
work can be seen at www.nunocoelho.net
This project was supported by Viarco.

Previous presentations of the exhibition:
June 2007 - Fabrica Features gallery, Lisbon (Portugal)
November 2007 - Rosalux gallery, Berlin (Germany)
February 2008 - Graciosa Island Cultural Centre, Santa Cruz (Azores)
February 2008 - 555 gallery, Oporto (Portugal)
March 2008 - Almazen gallery, Barcelona (Spain)
September 2008 - Inflight gallery, Hobart (Australia)

Links:
http://www.nunocoelho.net
http://www.nunocoelho.net/index.php?opcao=4&ling=2&id=36
http://www.gesto-coop-cultural.pt
http://espacogesto.blogspot.com
http://www.planobporto.com
http://www.viarco.pt



2 comentários:
De João Pereira de Sousa a 6 de Outubro de 2008 às 14:54
Estive presente na inauguração e é uma exposição bastante interessante! Também o facto de ser interactiva lhe dá maior interesse. Apenas vi a exposição com os painéis em branco, antes da vida que ganhou com os lápis de cor usados pelos visitantes, mas vale bem a pena visitá-la.


De ateliermob a 7 de Outubro de 2008 às 11:22
lamento os 300 kms que nos separam e o facto da "movida" portuense me parecer bem mais animada que a lisboeta.
outras culturas
tiago


Comentar post

_ Prémio Excelência 2016 - Reabilitação


ateliermob - arquitectura, design e urbanismo lda.
[PT]
Plataforma multidisciplinar de desenvolvimento de ideias, investigação e projectos nas áreas da arquitectura, design e urbanismo. É assim que tudo costuma começar. A partir daí trabalha-se tudo o resto. Só é impossível o que não entusiasma, o que não é criativo, o que nos afasta das pessoas.
[saber mais]

[ENG]
Ateliermob is a multidisciplinary platform which develops projects, ideas and research within architecture, design and urbanism. This is the way it usually starts. From this point, everything is worked out. The impossible is to work on the unexciting, on the uncreative, on what diverges from people needs.
[+ info]
ateliermob @ facebook
International internship program at ateliermob
ligações :: links
ateliermob: What ever happened?


+ videos
Tanto Mar


+ info
subscrever | subscribe

email para actualizações :: email for updates
By Feedburner