blogue do mês :: blog of the month
publicidade :: ads

subscrever feeds
Destaques :: Top Stories

Novo Cemitério Municipal de Moura - 1ª fase - prestes a ir para concurso público de empreitada
New Moura's Cemetery - 1st phase - under procurement contractor procedures
#044
#059

Reabilitação urbana do Alto do Seixalinho
Urban renovation of Alto do Seixalinho
# 258

ateliermob projecta a reconversão de 5 escolas no concelho de Tomar em habitação municipal
ateliermob is designing the reconversation of 5 former basic schools at Tomar in to public housing
# 222

ateliermob é responsável pelo desenho expositivo da próxima exposição do MUDE
ateliermob is designing the next MUDE exhibition
# 269

Adjudicada a reabilitação do Salão Central Eborense em Évora
Hired to "Salão Central Eborense" renovation in Évora
# 230
pub | ads



tags

# 004 (a)

# 004 (b)

# 009

# 014

# 015

# 016

# 019

# 021

# 023

# 025

# 026

# 027

# 028

# 030

# 031

# 033

# 034

# 039

# 040

# 041

# 044

# 045

# 046

# 047

# 049

# 050

# 052

# 055

# 056

# 057

# 059

# 061

# 062

# 065

# 066

# 067

# 068

# 070

# 071

# 072

# 074

# 077

# 078

# 082

# 088

# 089

# 091

# 093

# 094

# 098

# 106

# 111

# 115

# 116

# 117

# 118

# 120

# 122

# 123

# 125

# 126

# 127

# 128

# 129

# 130

# 137

# 138

# 142

# 146

# 150

# 151

# 152

# 155

# 156

# 157

# 159

# 162

# 166

# 167

# 168

# 169

# 170

# 172

# 174

# 175

# 176

# 177

# 178

# 180

# 181

# 187

# 188

# 189

# 193

# 194

# 202

# 204

# 205

# 207

# 213

# 216

# 220

# 221

# 230

# 234

# 235

# 236

# 237

# 239

# 240

# 241

# 242

# 244

# 250

# 258

# 264

# 265

# 267

# 269

# 278

2006 - 2007

2007 - 2008

2008 - 2009

2009 - 2010

2010 - 2011

2011 - 2012

amigos | friends

ateliermob at ...

blogue do mês | blog of the month

blogue | blog

coluna da direita | right column

competitions

conferências online | online lectures

contacto | contacts

design

diagramas | diagrams

direito à habitação

divulgação | release

emprego | job

entrevista | interview

equipa | team

filmes | movies

honorários

jovens arquitectos portugueses | young p

kidsmob

livros | books

media

música | music

notícia | news

novas práticas | new practices

novos arquitectos | new architects

prémios | awards

press release

projectos | projects

reflexões | thoughts

sobre | about

sondagem | poll

video

working with the 99%

workshops

todas as tags

arquivos :: archives

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

ajudas | support



Terça-feira, 4 de Maio de 2010
ateliermob, às 13:18 | comentar :: comment | 2010.05.04

 

[PT]

Para o nosso trabalho de fim de curso propusemos à escola trabalhar em grupo na reabilitação de uma fábrica abandonada no bairro da Fontinha, centro do Porto. A fábrica pertencia ao escultor José Rodrigues, que ocupava um dos pavilhões com o seu ateliê. Propusemos um “contracto” ao escultor - ele cedia-nos um espaço para o nosso ateliê e em troca ajudávamo-lo a reabilitar a fábrica. A nossa primeira intervenção foi recuperar o antigo nome desta fábrica de chapéus do séc. XIX. Nasceu assim a Fábrica Social.

Para quatro estudantes de arquitectura, “viver” numa fábrica abandonada representou uma oportunidade para fazer várias experiências de carácter prático e permitiu também um contacto mais directo com a comunidade. Este processo, que designamos de “obra aberta”, compreendeu um grande número de actividades, como limpezas, construção de protótipos, balões solares, sessões de cinema, teatro, workshops, publicação de livros, festas, e reuniões de bairro. Toda esta dinâmica veio ao encontro de um antigo sonho do escultor José Rodrigues de criar um espaço na cidade dedicado à criatividade, onde pudesse trabalhar, expor o seu trabalho e oferecer espaços de trabalho para jovens artistas.

Para o nosso projecto académico propusemos, assim, a criação de um Campus da Criatividade, através da reabilitação da fábrica, do antigo bairro operário e dos jardins envolventes. A Fábrica seria reservada à Fundação José Rodrigues, com todas as suas valências: salas de exposição, auditório, bar, secretaria, ateliê de escultura, ateliê de pintura, ateliê de desenho, etc. Para os restantes espaços do campus propusemos quatro novos programas, cada um desenvolvido por cada aluno:

- uma residência para artistas, através da reabilitação de casas do bairro, adaptando uma tipologia tradicional a novas formas de habitar, e promovendo também uma maior diversidade cultural.

- um parque de estacionamento, resolvendo o problema da circulação automóvel e libertando as ruas envolventes, e novos ateliês de trabalho, de carácter mais flexível e adaptável.

- um laboratório de fabricação pessoal, que permite o desenvolvimento de tecnologias apropriáveis e conviviais, ocupando uma das unidades da Fábrica.

- um centro de estudos do meio ambiente, no jardim, tendo como objectivos a regeneração da mancha verde e a pesquisa e desenvolvimento de novas práticas ecológicas.

Como forma de estruturar estes elementos propusemos o que chamamos de “aqueduto”, uma rua no céu que promove novas formas de circulação dentro da fábrica e no quarteirão, e que funciona como referência visual deste novo campus, numa zona elevada da cidade.

Este campus da criatividade pretende servir, assim, como motor de reabilitação desta zona da cidade, principalmente através do envolvimento e participação activa dos seus residentes. Cria-se um projecto em que o caminho é em si um fim.

 

Ana Ruivo

Pedro Carvalho

Samuel Carvalho

Samuel Rodrigues

 

Este projecto foi distinguido com o Prémio de Integração Social no “Vizzion- European Competition for Architecture with a High Environmental Value 2009”.

 

 

[ENG]

For our final diploma project we proposed to our school that we work as a group in the renovation of an old factory in Fontinha, a working class neighborhood in the center of Oporto. This factory belonged to the sculptor José Rodrigues who used one of the pavilions as his studio. We proposed a “deal” with the sculptor- he would grant us a studio space and we would help him rebuild his factory. Our first idea was to bring back the old name of this 19th century hat factory. Fábrica Social was born.

For four architecture students living in an abandoned factory this represented a unique opportunity to develop various experiments of a more practical nature and also have a more direct contact with the community. This period that we called “open work” comprised a number of activities from cleaning, building prototypes, cinema, workshops, book publishing, theatre, parties, solar balloons and community meetings. This new dynamic re-inspired José Rodrigues’ dream of creating a place in the city dedicated to creativity, where he could work, exhibit and offer work space for younger artists.

For our academic project we proposed to our client the idea of a Creativity Campus, through the renovation of the factory, the adjacent working class neighbourhood and the surrounding abandoned gardens. The factory would be mainly dedicated to the sculptor’s Foundation with all it’s required space: exhibition rooms, auditorium, bar, administration, studios etc. For the remaining of the campus we proposed four new programs which would be developed by each member of the group:

- Housing for artists in renovated working class houses, adapting a traditional typology to new ways of living, and promoting cultural diversity.

- Creating parking space to free the surrounding streets, and creating more studios spaces of a more adaptable a flexible character.

- The renovation of part of the factory for a “personal fabrication laboratory” for the development of convivial technologies.

- An Environment Research Centre in the garden for the research and development of new ecological practices and the regeneration of the gardens.

Connecting these elements we propose what we call the “aqueduct”; a sky walk that provides new circulation in the factory and creates a visual reference for the campus in this elevated part of the city.

This Creativity Campus will serve as the motor for the renovation of this area of the city, mainly through the involvement and active participation of its residents. We therefore create a project where the path is in itself an end.

 

Ana Ruivo

Pedro Carvalho

Samuel Carvalho

Samuel Rodrigues

 

This project received the Social Integration award at the “Vizzion- European Competition for Architecture with a High Environmental Value 2009”.

 


+ images )




Segunda-feira, 30 de Março de 2009
ateliermob, às 14:31 | comentar :: comment | 2009.03.30

[PT] Esta é quase sempre das primeiras perguntas que arquitectos, na casa dos trinta, fazem quando se encontram. E as respostas não variam assim tanto. Há os que fugiram da profissão lançando-se noutros ofícios, os que fugiram do país para se lançarem na profissão e os que optaram por ficar no país e na profissão.
Os auzprojekt foram dos que ficaram e iniciaram a sua actividade profissional no séc. XXI. Não é difícil de imaginar que desde então batalhem diariamente por trabalho - leia-se projectos para obras de custos reduzidos. Nunca ninguém lhes fez chegar o convite para o fim de festa do Dubai, nunca representaram Portugal numa exposição internacional de arquitectura, nem integraram as comitivas de empresários “inovadores” nas visitas de Estado à China ou a outras países com que Portugal pretenda fazer negócio.
Os auzprojekt sempre trabalharam com custos controlados e da crise fizeram o seu alimento. À margem de outros, que repetindo os clássicos do final do séc. XX desenvolvem imagens, fachadas e imaterialidades esperando eternamente o reconhecimento da estratosfera mediática, os auzprojekt retomam o inevitável papel social do arquitecto recolocando a prática de projecto no campo das ideias de onde nunca devia ter saído.
E será que alguma vez saiu?

Tiago Mota Saraiva

(Texto sobre o atelier Auzprojekt publicado na A21, Março 2009, nº 2 sobre "Crise")

 

[ENG] Text by Tiago Mota Saraiva about Auzprojekt published at A21, March 2009, n. 2 "Crises". No english translation.



Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008
ateliermob, às 15:44 | comentar :: comment | 2008.09.25

[ENG] The Tomar Environmental Monitoring and Interpretation Offices (EMIO) (Tomar, Portugal), from the portuguese office Embaixada, was awarded on the contractworld.award 2009. Congratulations!


Quarta-feira, 30 de Julho de 2008
ateliermob, às 16:05 | comentar :: comment | 2008.07.30

Arquitecto Luís Pereira Miguel vence concurso internacional
28 de Julho de 2008, 17:56
Lisboa, 28 Jul (Lusa) - O arquitecto Luís Pereira Miguel venceu com o projecto CombiSpace o concurso internacional ColorsDesigner, promovido pela POLI.design - Consórcio Politécnico de Milão, aberto a jovens criativos, designers e arquitectos.
Foram colaboradores do arquitecto vencedor neste projecto os arquitectos Inês Ludovino e Daniel da Silveira.
O objectivo do concurso é desenvolver novos conceitos para as grandes empresas internacionais de vestuário.
"Neste meio - disse Pereira Miguel à agência Lusa - uma das saídas é participar em concursos. Eles são para nós uma área de investimento".
Participaram candidatos de 46 países, tendo sido seleccionados seis projectos finalistas.
O júri, presidido pelo arquitecto italiano Andrea Brazi, realçou no projecto vencedor "a união original e fluida entre os dois pisos do edifício, criando um espaço comercial articulado que corresponde muito bem às necessidades formais e comunicativas do concurso".
Com 500 metros quadrados, o CombiSpace, destaca ainda o júri, é "a visão de um grande espaço comercial de venda de vestuário para a marca Benetton", representando "a possibilidade de o consumidor interagir na transformação do espaço", o que resulta numa "experiência social totalmente nova".
"O concurso é internacional - salientou Pereira Miguel -, a Benetton tem uma projecção grande. Para nós, é importante estarmos associados a uma marca como esta. É um bom cartão de visita" para o futuro.
A entrega dos prémios está agendada para Outubro, devendo o arquitecto português acompanhar a construção do projecto na cidade de Omsk, na Rússia.
Em concreto sobre o começo da construção, Pereira Miguel observou não ter ainda conhecimento de datas.
Nascido em Lisboa em 1974, Luís Miguel Pereira estudou Arquitectura no Porto, Cottbus (Alemanha) e Lisboa, diplomando-se em 1997 na Universidade Lusíada.
Em 2001, concluiu o Mestrado em Arquitectura e Urbanística e em 2005 foi um fundadores da "PM Arquitectos" em Lisboa, que intervém fundamentalmente nas áreas da habitação unifamiliar, restauração, recuperação e alteração de prédios antigos.
Em 2007, a "PM Arquitectos" foi seleccionada como um dos melhores ateliers de arquitectos portugueses "under 40" pelo site especializado www.newitalianblood.com.
RMM

[site PM-ARQ]


Quinta-feira, 10 de Julho de 2008
ateliermob, às 17:36 | comentar :: comment | 2008.07.10

Centro Escolar de Fonte de Angeão
Município: Vagos
(41 propostas)


Miguel Marcelino

1º Prémio

Claúdio Vilarinho
2º Prémio


Quinta-feira, 12 de Junho de 2008
ateliermob, às 13:57 | comentar :: comment | 2008.06.12

[PT] Recentemente chegou-nos a notícia que a rubrica "Novas Expressões" da revista "Arquitectura e Vida" terminou.
Editada por Carlos Pedro Sant'Ana esta era uma porta aberta para novas formas de ver e fazer arquitectura. A pesquisa e carácter laboratorial com que a sua edição era tratada, distinguia todos com a mesma relevância, não olhando a "escolas", países, ou escalas de ateliers.
A nossa relação com as "Novas Expressões" também é significativa porque foi onde foram publicados pela primeira vez um conjunto de trabalhos do ateliermob (ainda arqmob) e uma entrevista, em Fevereiro de 2007.
A "Arquitectura e Vida" e todo o mercado editorial sobre arquitectura ficam mais pobres.
Alguns números ainda podem ser vistos aqui. As "Novas Expressões" do ateliermob pode ser vista aqui.

[ENG] No English translation.


Segunda-feira, 2 de Junho de 2008
ateliermob, às 15:38 | comentar :: comment | 2008.06.02


from S'A ARQUITECTOS + ESESTUDIO - Bridging the City

[PT] Em Varsóvia vai-se repensando a cidade. Em Lisboa...

[ENG] Warsaw's discussion for rethinking the city. In Lisbon...

[link]


Segunda-feira, 26 de Maio de 2008
ateliermob, às 19:22 | comentar :: comment | 2008.05.26



[PT]Os plano b, no dia 31 de Maio, vão estar em Beja a apresentar os seus trabalhos mais recentes.
31 Maio 17h, Conferência Plano B Arquitectura, com Francisco Freire
Sede do Núcleo do Baixo Alentejo da Ordem dos Arquitectos
Rua D. Manuel I, nº 30, Beja | e-mail: n.baixoalentejo@oasrs.org
[via site da OASRS]

[ENG] no english translation


Quarta-feira, 30 de Abril de 2008
ateliermob, às 10:43 | comentar :: comment | 2008.04.30

O Filipe Gil, dias antes de deixar de ser director da "Construir", escreveu este interessante artigo sobre a ausência de jovens arquitectos portugueses dos tops internacionais.

Valores perdidos
Filipe Gil
11 de Abril de 2008

A última edição da conceituada revista britânica Icon (iconeye.com) publica um artigo sobre os vinte arquitectos essenciais da nova geração. Na escolha estão alguns nomes já relativamente conhecidos, caso dos dinamarqueses BIG, os londrinos FAT, ou os nova-iorquinos REX, entre outros. E, uma das coisas que saltou à vista foi que entre estes "outros" nenhum nome era o de um português(a). As desculpas poderão ser muitas, sobretudo porque sabemos que sendo uma revista britânica, têm a tendência para dar importância única e exclusivamente ao mundo anglo-saxónico, mas nesta lista são também indicados chineses, franceses, belgas e holandeses, entre outros onde, mais uma vez, não aparece nenhum nome luso. Seguindo e conhecendo alguns dos jovens valores da arquitectura portuguesa senti, ao ler o artigo, aquela sensação muito futebolística de ter sido "roubado a jogar em casa", pois é algo injusto que ao menos um nome não esteja presente. No entanto, e se não tenho quaisquer dúvidas do valor da arquitectura nacional, sobretudo dos jovens nomes - essa foi uma das ideias principais para lançarmos o Yearbook´0708 - Arquitectura em Portugal, que estará nas bancas no final de Maio -, a ausência nacional deve-se, em último caso, a culpa nossa, do mercado da construção (onde incluo todas as áreas da arquitectura à construção). Se estes jovens internacionais são conhecidos é, certamente, pelas suas ideias, mas acima de tudo pelas suas obras. Agora, digam-me os senhores promotores e os senhores construtores portugueses nomes de cinco, apenas cinco, arquitectos lusos de qualidade com idades inferiores a 30 anos? E ainda melhor, quantos deles têm obra feita no nosso país. Ou seja, continuando a teoria, são muitos os que não apostam nos valores nacionais, aliás são a grande maioria. Deixam-nos partir para o estrangeiro, para trabalhar noutros países, para outros projectos onde a criatividade é permitida, enquanto que aqui, na Ocidental praia Lusitana, adoramos chamar nomes estrangeiros com prova provada e com muitos milhões para pagar. Sendo que, no final de contas, e com excepção da Casa da Música de Koolhaas, acabamos por não ter as tais estrelas. Norman Foster para Santos? Jean Nouvel para Alcantâra? Será que irá mesmo acontecer? Enquanto isso os valores nacionais, mais baratos mas não menos criativos são colocados em stand-by até ganharem um prémio no estrangeiro, e mesmo assim, nada garante que algum dia poderão projectar num país que tanto necessita deles. Deve ser do fado!


Terça-feira, 29 de Abril de 2008
ateliermob, às 14:56 | comentar :: comment | 2008.04.29



Através do Aspirina Light e do EdgarGonzalez.com chegámos a dois tops de jovens arquitectos. Não há nenhum representante português...

[Europe40 under40]
[Icon: 20 essential young architects, via archdaily]


Quarta-feira, 23 de Abril de 2008
ateliermob, às 12:18 | comentar :: comment | 2008.04.23

[no english translation]

plaren Tatlin 03
plaren Tatlin 01 plaren Tatlin 02

“O edifício é constituído por dois elementos: o embasamento (corpo longilíneo com uma dominante horizontal e 2 pisos acima do solo) e diferentes volumes regulares com uma dominante vertical colocados sobre o embasamento. O embasamento destina-se sobretudo a usos comuns – galeria, cafetaria, cantina, auditórios, etc (piso 1) e, reitoria, serviços administrativos e biblioteca (piso 2). Sobre o embasamento elevam-se corpos regulares de diferentes volumetrias e alturas destinados às áreas lectivas das diferentes faculdades. A cota 0 foi estruturada como uma grande praça coberta e pretende-se que seja um espaço público de confluência e convívio da cidade com a eAA. A sua transparência, amplitude e actividade serão um permanente convite à cidade entrar no edifício e partilhar o conhecimento da eAA. As múltiplas entradas do edifício permitem o acesso ao seu interior a partir de qualquer uma das vias que o envolve e o atravessamento do edifico em qualquer direcção como se de um espaço público e urbano se tratasse.”

O texto e as imagens foram gentilmente cedidos pela Plaren - Paulo de Sousa.


Segunda-feira, 14 de Abril de 2008
ateliermob, às 10:18 | comentar :: comment | ver comentários (1) | 2008.04.14

Ana Rita Sevilha, in Construir
14 de Abril de 2008

O gabinete de arquitectura Plaren, de Victor e Paulo de Sousa, ficaram em terceiro lugar num concurso internacional para a Estónia, que visava o projecto para a nova Academia de Artes da capital daquele país, Tallinn.
De acordo com os arquitectos, a proposta apresentada previa "a construção de um edifício que se eleva do solo como se flutuasse e suavemente pousasse naquele local. Um edifício singular, leve e expressivo, fragmentado por conter várias actividades sem perder o carácter de unidade do conjunto".
Constituído por dois elementos, o projecto assinado pelo Plaren contempla um embasamento e "diferentes volumes regulares com uma dominante vertical colocados sobre o embasamento", pode ler-se na memória descritiva do projecto.
Para Victor e Paulo Sousa a luz foi uma das grandes preocupações na criação da proposta. "Panos de vidro verticais, clarabóias e poços de luz exploram a luz natural de diferentes formas e permitem simultaneamente a iluminação natural de todos os espaços principais do edifício", pode ler-se no mesmo documento.
As fachadas mutantes são outra das características do projecto do gabinete português.
Os arquitectos portugueses ficaram em terceiro lugar num universo de 105 propostas.

[Plaren]


Sexta-feira, 14 de Março de 2008
ateliermob, às 10:40 | comentar :: comment | 2008.03.14



"Space Architects is urgently seeking interns to work for free in Lisbon, Berlin, Horta, Shangai, Casablanca, Tokyo, Los Angeles and Moon Offices(modell making and Mars.ian proficiency is a must, previous mars and/or moon experience is a plus).Please do not read if you are not really qualified.
Space Architects is urgently seeking architects to work for free on Mars Research/Visit Project(no proficiency is a must, previous mars and/or moon experience is a plus).Please only digital Format Portfolio."

[link]


Terça-feira, 4 de Março de 2008
ateliermob, às 10:28 | comentar :: comment | 2008.03.04


[link ORDOS100]

Ana Rita Sevilha in Construir
4 de Março de 2008

"O colectivo português Sami Arquitectos foi um dos gabinetes escolhidos para materializar um projecto no interior da Mongólia, na China.
O projecto a erigir na cidade de Oros contempla 100 moradias e é da responsabilidade da empresa Jian Yuan Water Engineering torná-lo realidade. Nesse sentido, a empresa contratou Jacques Herzog para escolher cem arquitectos, de 27 países diferentes, que darão corpo a esta ideia.
Em declarações ao Construir, Miguel Vieira, arquitecto e um dos responsáveis pelo Sami Arquitectos referiu que a selecção foi feita por convite, "recebemos um e-mail do Jacques Herzog a convidar-nos a integrar o projecto", e posteriormente houve um processo de confirmação, sublinhando contudo que, "não sabemos ao certo como o convite chegou até nós, podemos presumir mas não temos a certeza".
Miguel Vieira adiantou ainda que as equipas de trabalho foram divididas em dois grupos, sendo que o seu faz parte da segunda fase que irá ao local em Abril."

[no english translation]


Sábado, 16 de Fevereiro de 2008
ateliermob, às 18:44 | comentar :: comment | 2008.02.16



Destaques :: Top Stories

Novo Cemitério Municipal de Moura - 1ª fase - prestes a ir para concurso público de empreitada
New Moura's Cemetery - 1st phase - under procurement contractor procedures
#044
#059

Reabilitação urbana do Alto do Seixalinho
Urban renovation of Alto do Seixalinho
# 258

ateliermob projecta a reconversão de 5 escolas no concelho de Tomar em habitação municipal
ateliermob is designing the reconversation of 5 former basic schools at Tomar in to public housing
# 222

ateliermob é responsável pelo desenho expositivo da próxima exposição do MUDE
ateliermob is designing the next MUDE exhibition
# 269

Adjudicada a reabilitação do Salão Central Eborense em Évora
Hired to "Salão Central Eborense" renovation in Évora
# 230
ateliermob - arquitectura, design e urbanismo lda.
[PT]
Plataforma multidisciplinar de desenvolvimento de ideias, investigação e projectos nas áreas da arquitectura, design e urbanismo. É assim que tudo costuma começar. A partir daí trabalha-se tudo o resto. Só é impossível o que não entusiasma, o que não é criativo, o que nos afasta das pessoas.
[saber mais]

[ENG]
Ateliermob is a multidisciplinary platform which develops projects, ideas and research within architecture, design and urbanism. This is the way it usually starts. From this point, everything is worked out. The impossible is to work on the unexciting, on the uncreative, on what diverges from people needs.
[+ info]
ateliermob @ facebook
International internship program at ateliermob
ligações :: links
ateliermob: What ever happened?


+ videos
Tanto Mar


+ info
subscrever | subscribe

email para actualizações :: email for updates
By Feedburner

ajudas | support


tags

# 004 (a)

# 004 (b)

# 009

# 014

# 015

# 016

# 019

# 021

# 023

# 025

# 026

# 027

# 028

# 030

# 031

# 033

# 034

# 039

# 040

# 041

# 044

# 045

# 046

# 047

# 049

# 050

# 052

# 055

# 056

# 057

# 059

# 061

# 062

# 065

# 066

# 067

# 068

# 070

# 071

# 072

# 074

# 077

# 078

# 082

# 088

# 089

# 091

# 093

# 094

# 098

# 106

# 111

# 115

# 116

# 117

# 118

# 120

# 122

# 123

# 125

# 126

# 127

# 128

# 129

# 130

# 137

# 138

# 142

# 146

# 150

# 151

# 152

# 155

# 156

# 157

# 159

# 162

# 166

# 167

# 168

# 169

# 170

# 172

# 174

# 175

# 176

# 177

# 178

# 180

# 181

# 187

# 188

# 189

# 193

# 194

# 202

# 204

# 205

# 207

# 213

# 216

# 220

# 221

# 230

# 234

# 235

# 236

# 237

# 239

# 240

# 241

# 242

# 244

# 250

# 258

# 264

# 265

# 267

# 269

# 278

2006 - 2007

2007 - 2008

2008 - 2009

2009 - 2010

2010 - 2011

2011 - 2012

amigos | friends

ateliermob at ...

blogue do mês | blog of the month

blogue | blog

coluna da direita | right column

competitions

conferências online | online lectures

contacto | contacts

design

diagramas | diagrams

direito à habitação

divulgação | release

emprego | job

entrevista | interview

equipa | team

filmes | movies

honorários

jovens arquitectos portugueses | young p

kidsmob

livros | books

media

música | music

notícia | news

novas práticas | new practices

novos arquitectos | new architects

prémios | awards

press release

projectos | projects

reflexões | thoughts

sobre | about

sondagem | poll

video

working with the 99%

workshops

todas as tags